Hoje só me apetece dizer o quanto me sinto triste, profundamente triste!
Sou uma mulher alegre, aparentemente sempre bem disposta, sempre pronta para os amigos, mas não sou feliz. É triste admiti-lo, mas não sou feliz!
A vida é dura e teima em pregar rasteira atrás de rasteira.
Sou uma mulher apaixonada, mas não consigo efectivar o meu amor.
Adoro a minha profissão, faço o que sempre sonhei, mas o sucesso teima em me escapar das mãos.
Resta-me a saúde. À parte de uma miopia já avançada (corrigida com lentes de contacto), sou ainda perfeitamente saudável.
Tenho um coração enorme (sem falsas modéstias) e sou (quero continuar a ser) ingénua e um pouco inocente.E, talvez por isso, sou constantemente magoada (às vezes, mesmo sem intenção de quem acaba por me magoar).
Abdico de mim própria, do que eu quero, para agradar os outros.
Eu só quero ser feliz, sentir-me feliz, sentir-me amada e desejada, querida, sentir que os outros (aqueles que me dizem alguma coisa) gostam de mim...
Tenho um circulo de amigos razoável e sei que todos eles nutrem por mim um grande carinho e ternura. Sei que mesmo as pessoas que não convivem diariamente comigo acabam por sentir a minha boa energia (sim, porque ela está cá!).
Mas algo em mim teima em fazer-me sentir assim, infeliz, triste... um enorme vazio no peito, que não consigo preencher.
Há dias li num e-mail qualquer, enviado por alguém (que certamente gosta um pouquinho de mim), que só encontramos a felicidade quando deixamos de a procurar no exterior. Temos de nos sentir bem connosco para podermos sentir a felicidade... Será por aí?

(desculpem o desabafo, mas há dias assim...)

10 comentários:

cheiodetesao disse...

Gostava de estar ao pé de ti para te dar um abraço...

Bom dia, Sarah, bom fim de semana.

Beijinhos, sorri um pouco!

noivo disse...

nada mais certo! Não é possível gostar de alguém sem gostar primeiro de nós próprios! Podes acreditar!

Jquim_30 disse...

Visitei agora o teu blog e adorei a tua experiência com o fulano no teu trabalho... :D

Quanto a este tema em si.

Jamais conseguirás amar alguém se não gostares de ti própria... ;)

sarah disse...

Querido "cheiodetesão", obrigada pelo apoio e pelo abraço virtual ;)
Já estou muito melhor. Como eu disse, são fases e passam, porque acima de tudo sou uma pessoa alegre!
Queridos "noivo" e "jquim_30", obrigada também. Corrigia uma coisita ou outra, mas no geral eu até gosto de mim lol, mas talvez precise aprender a gostar um pouco mais...
A todos que visitam este meu cantinho, obrigada. Obrigada sobretudo pelo vosso carinho e presença.

Beijos doces

cheiodetesao disse...

:)

noivo disse...

podes substituir esse "talvez" por "tenho"!;)

Jquim_30 disse...

lol

Não te preocupes, a escolinha da vida ensina-te muita coisa, assim tu queiras aprender ;)

Anónimo disse...

Sarah querida,
Sinto falta dos teus posts....onde andas?
Beijossssss

Anónimo disse...

Realmente o mail que te mandaram diz uma grande verdade. A felicidade surge quando não a procuramos. Vais ver que a encontras ao virar de uma esquina sem saberes.

É assim com toda a gente.

Beijos.

Segredos e Gemidos disse...

Passei por aqui para desejar um resto de boas festas.
besitos