Vieste e entraste no mais profundo do meu ser.
Tocaste num ponto onde dificilmente alguém consegue chegar.
Para ti terá sido apenas um momento efémero.
Para mim, um momento de viragem.
Não voltarei a ser a mesma depois de ti.
Continuo aqui, onde e como me deixaste.
Volta. Espero por ti.
Desejo-te.
Ainda sinto os teus lábios, o teu toque...

3 comentários:

U Ó Mãe Que Dava Pulos disse...

Há marcas que perduram...e ainda bem!
Bj

CamaReira disse...

Ah... a poderosa força que fica e nos traz tanta saudade.

Beijos

Bichinho disse...

...volta, que estou aqui de braços abertos...beijo fantasma