Louca...

Possuiste-me como ninguém antes o havia feito! Entreguei-me a ti, de olhos vendados (sem venda), de mãos amarradas (sem amarras) e com o pensamnto livre e perdido num mundo de emoções...

Cada toque da tua pele, cada beijo dos teus lábios... cada toque da língua... cada palavra ora terna, ora ordinária, sussurradas ao meu ouvido...

Um, dois, três... perdi-lhe a conta! Orgasmos, deliciosamente extunuantes... Um mundo novo, uma nova forma de viver a sexualidade... uma entrega total e sem reservas...

É de loucos! Somos loucos... e no entanto esta loucura faz-nos tão bem!

Perdida em ti, vivo cada dia sem pensar no seguinte... porque o futuro... esse não sei o que nos trará... Mas porque me hei-de preocupar com o futuro agora? Não. Não quero. Quero o presente, quero o agora, o imediato!

É de loucos! Somos loucos... e, como tal, não medimos consequências. Agimos apenas, movidos pelo desejo, pelo prazer, pela permente necessidade do outro...

Amanhã? Não sabemos. Amanhã logo se verá... Não é isso que é viver?

Em ti, perdi-me... estou louca... vivo louca... deliciosamente louca!

5 comentários:

Noivo disse...

é viver como se não houvesse amanhã....literalmente!

Sarah disse...

Noivo, absolutamente de acordo! é o que venho fazendo ;)
beijo doce

Shelyak disse...

Que dizer mais? pois é isso mesmo... viver cada dia com força e intensidade ao expoente máximo... Depois, se verá... pode ser que a força de uma relação assim descontraída e solta dê força para muito mais...
Beijinho :)

Bichinho disse...

Concordo...beijinho miga....

David disse...

:)